Segunda-Feira
10/12/2018
Competição no ACD é um dos grandes destaques no 65º JEPS; fotos
publicado em: 08/08/2018 - 08:45h

Um dos grandes destaques na Fase Final A dos 65º Jogos Escolares do Paraná (JEPS), em Campo Mourão, foi à disputa da modalidade atletismo para os Alunos com Deficiência (ACD), que abrilhantou a competição na Pista de Atletismo do Estádio Roberto Brzezinski no domingo e na segunda-feira. Os atletas, como já é uma necessidade, foram acompanhados por seus professores, e também pelos pais, muitas vezes.

   > Clique na imagem para ver galeria de fotos

Foi um privilégio que teve a Izabel de Castro Vaz dos Santos, que é filha da Ivete Castro. Ela é aluna da Escola Especializada Primavera, de Curitiba, e foi medalha de prata no arremesso de peso (ACD). É atleta Talento Olímpico do Paraná (TOP 2018), e conquistou a todos em sua volta durante a disputa. “Foi gratificante estar aqui com minha filha, fomos muito bem tratadas, a escola também nos deu todo o prestígio, e ficamos felizes por a Izabel conquistar mais este resultado pessoal em sua vida esportiva”, garante Ivete, que também tem mais um filho com “Síndrome de Down”, a exemplo da Izabel, que participa de competições. “É de fundamental importância estar incentivando os atletas, técnicos, a participar do esporte, superar suas limitações e marcas pessoais e buscar uma evolução cada vez maior, gerando satisfação pessoal, e também familiar, bem como aqueles que estão em seu entorno”, garante Denise Golfieri, coordenadora do TOP.


Lucineia Modesto Gazolla, da Escola Especializada Primavera, da Capital Paranaense, manifestou sua satisfação em novamente trazer alunos para uma competição esportiva. “Eles vieram com muita vontade, com muita garra, com muita alegria, a cidade (Campo Mourão) nos recebeu muito bem, e eles estão amando participar da disputa, é um prazer enorme para nós, para eles, no caso. É uma maneira deles se integrarem a sociedade, de eles estarem incluídos, então incentivamos muito a participação em um evento como este, que é os Jogos Escolares do Paraná, trazendo uma atenção toda especial ao PcD (Pessoas com Deficiência), por meio do Paradesporto”, garantiu.


A professora Pollyana Bastos, da APAE do Município de Cascavel, também coordenadora regional desta entidade, veio com nove atletas para a disputa, e viu muita empolgação e animação em seu grupo. “Eles ficaram muito felizes por vir a competição, por receberem medalhas, os resultados que vieram nos foram muito especiais, principalmente a questão da motivação pessoal de cada um, participando tanto no arremesso de peso como nos 400 metros. É uma realização pessoal trabalhar com eles, pois me sinto privilegiado por estar próximo, é uma satisfação sem igual ver eles felizes com os resultados positivos. Tenho 24 anos nesta área, e para mim, todo este trabalho traz crescimento e muita gratidão como pessoa. Trabalho como coordenadora do Paradesporto em nosso município, e represento todas as deficiências, seja para qualidade de vida, para o rendimento ou para a saúde, e só tenho a agradecer a todos que nos apoiam, pois o incentivo a classe C nos Jogos Escolares é de fundamental importância para a vida pessoal e crescimento deles mesmos, com uma série de benefícios, como a inserção pessoal, obviamente”, garante a professora. Entre as suas atletas, esteve a Giovanna Oliveira Rocha, que ganhou medalha de ouro na prova dos 400 metros, demonstrando logo após receber a honraria muita felicidade, gratidão e satisfação pessoal.

Fonte: Da Redação com Assessorias
Contato: [email protected]
VOLTAR
IMPRIMIR
ENVIAR
X
Meu Nome:
Meu E-mail:
Para:
E-mail:
Mensagem: