Quinta-Feira
23/05/2019
ESCOLA 1000: Obras em escolas estaduais da região de Campo Mourão iniciam na próxima semana
publicado em: 09/05/2017 - 08:02h

Está quase tudo pronto para o início da primeira etapa do Programa Escola 1000, nas escolas da região do Núcleo Regional de Educação (NRE) de Campo Mourão. Das 27 unidades escolares, sete serão beneficiadas este mês. As obras de reformas e melhorias poderão ser iniciadas a partir de segunda-feira (15).


A cerimônia de Partida de Obras, momento da liberação imediata das obras, está prevista para acontecer na sexta-feira (12), às 16h30, na sede da Comunidade dos Municípios da Região de Campo Mourão (COMCAM). Além da chefe do NRE, Rosimeire Aparecida De Caires, estarão presentes, os presidentes das associações de pais, mestres e funcionários (APMF) das escolas beneficiadas, diretores escolares, prefeitos, secretários municipais de educação, vereadores, entre outros convidados.


Nesta primeira etapa, serão investidos R$ 700 mil. Serão beneficiados os colégios Olavo Bilac (Peabiru), 14 de Dezembro (Peabiru), Alberto Santos Dumont (Campina da Lagoa), Altamira do Paraná (Altamira do Paraná), Luzia Garcia Villar (Barbosa Ferraz), Anibal Khury (Iretama) e Adaucto da Silva Rocha (Luiziana). 


Nas próximas etapas, outras 20 escolas serão atendidas. Ao todo, na região de Campo Mourão, o Governo do Estado, através da Fundepar (Fundação Educacional do Paraná), aplicará R$ 2,7 milhões. Para a chefe do NRE, as melhorias e ampliações, entre outros fatores, também influenciam no aprendizado dos estudantes. “Os alunos precisam de ambiente saudável, claro, limpo para obterem um ganho pedagógico”, ressaltou.


De acordo com o presidente da Fundepar, Victor Hugo Dantas, o recurso do Programa Escola 1000 está garantido. “O dinheiro já está depositado na conta da APMF de cada colégio beneficiado e as melhorias serão realizadas de acordo com o que a comunidade escolar indicou para os núcleos regionais”, destacou Dantas.


O PROGRAMA: Organizado pela Casa Civil do Governo do Paraná e a Secretaria de Estado da Educação, o programa Escola 1000 contempla quase a metade de toda a rede estadual, formada por 2,1 mil unidades e um milhão de estudantes. “Educação é nossa prioridade”, afirmou o Governador Beto Richa. “Esse programa representa um grande avanço na democratização da gestão das escolas, pois envolveu toda a comunidade escolar, em audiências públicas, para decidir onde aplicar os recursos. Foi uma decisão muito democrática e transparente de toda a comunidade escolar”, enfatizou ele.


De acordo com o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, a Fundepar e os núcleos regionais de educação irão fiscalizar as obras nos colégios. “O pagamento da obra será feito pelo diretor da escola com a participação da comunidade escolar e a fiscalização dos engenheiros que atuam em cada regional”, explicou.

Fonte: Da Assessoria/Eleano Alves
Contato: [email protected]
VOLTAR
IMPRIMIR
ENVIAR
X
Meu Nome:
Meu E-mail:
Para:
E-mail:
Mensagem: